24/02/2017

WOLVERINE ORIGENS (2009) - Gavin Hood / Crítica


Data:

30 de abril de 2009 
(1h 45min)

Direção: 
Gavin Hood

Elenco:
Hugh Jackman
Danny Huston
Taylor Kitsch
Ryan Reynolds
Liev Schreiber
Will.I.Am
Scott Adkins
Patrick Stewart

Gênero: Ficção científica, Quadrinhos

Nacionalidade: Estados Unidos



WOLVERINE ORIGENS poderia ser considerado um prelúdio dos 3 primeiros X-MENS, focando-se no passado confuso do mutante Wolverine que foi  simplificado para ser mais fácil um público maior entender. Em resumo, esse possui coisas da história original, mas com mudanças convenientes e até oportunistas. 

O filme que tem uma historia razoável,  mas cheia de furos que vão sendo preenchido com o desenrolar da trama. Cenas que são fora da logica de X-Men como por exemplo, Logan ser irmão do Dentes de Sabre, sabendo que no primeiro filmes da franquia X-Men eles nem se conheciam.  pois o Dentes e a outra é o professor Xavier andando normalmente sendo que ele fica paraplégico durante o período da Guerra Fria no filme "X-MEN PRIMEIRA CLASSE". E Gambit que nunca teve nada a ver com o passado de Logan, teve uma aparição forçada e com uma motivação bem fraca.

Hugh Jackman faz uma otima atuação. Sem comentários, o personagem vai ser eterno na pele dele. O ator australiano foi chamado para interpretar o personagem no primeiro X-MEN de 1999 e que seria a guinada de sua carreira. Fez um teste para o papel, que acabou nas mãos de Dougray Scott (o vilão de “Missão Impossível 2”). Só que este último sofreu um deslocamento no ombro, que deu a sorte grande ao ator bem deconhecido na época.

O diretor escalado foi Gavin Hood, que ganhou Oscar de Filme Estrangeiro por “Infância Roubada”, fez um bom trabalho. O ritmo da edição resultou num longa de aventura que se desenrola sem delongas, o que garante um filme dinâmico de ação, que chega a ser exagerado em alguns pontos.

As intervenções do estúdio são bem aparentes na montagem do filme, pois passou por refilmagens depois do término das gravações. Por isso, é quase impossível julgá-lo através deste filme, pois não se trata de uma obra nem um pouco autoral.

Talvez numa tentativa de agradar fãs da quadrinhos que queriam ver determinado personagem que ainda não apareceu em filmes anteriores, optou-se por encher de mutantes que deixaram a trama muito inchada de subtramas que não acrescentam em nada na origem do WOLVERINE. nada acrescenta a trama. 

o roteiro pouco inspirado de David Benioff e Skip Woods desperdiçou o potencial do ator e prejudicou o desenvolvimento da trama. Como uma história de origem, se passando antes dos eventos narrados na trilogia original, 

X-Men Origens: Wolverine tem elementos conhecidos do universo mutante, mas é um passo atrás por conta das falhas de seu enredo. Que apesar dos esforços de Hugh Jackman em sua notável caracterização como Wolverine, ele foi prejudicado por tirar o foco do personagem principal.

NOTA: 4

PONTO POSITIVO:
- Hugh Jackman como Wolverine

PONTO NEGATIVO:
-  Excesso de personagens na trama


Cicero Durães
24/02/2017